Pular para o conteúdo principal

FNLIJ: Selo Altamente Recomendável 2020/Produção 2019

Criada em 1968, a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil – FNLIJ é a seção brasileira do International Board on Books for Young People - IBBY. O Prêmio FNLIJ "teve a sua primeira versão em 1974, com a instituição do Prêmio O Melhor para a Criança". 

A 46ª Seleção Anual do Prêmio FNLIJ 2020 – Produção 2019 possui duas fases, na primeira fase são escolhidos "os livros Altamente Recomendável, que recebem o Selo Altamente Recomendável FNLIJ. São considerados livros Altamente Recomendável, os títulos que compõem a lista final para a escolha dos vencedores ao Prêmio FNLIJ". 

Em 10 de setembro, pelo Facebook, a FNLIJ anunciou os livros vencedores da 46ª Seleção Anual. "Dos 580 livros recebidos, foram premiados 14 títulos, de 10 editoras, em 15 categorias". 

E, mais recentemente, em outubro, foi divulgado a lista dos 85 livros que foram contemplados com o selo Altamente Recomendável. 

Gosto muito de conferir a lista de premiados e daqueles que recebem o Selo Altamente Recomendável, pois assim conheço novos títulos para adquirir para o meu acervo pessoal e o da biblioteca onde atuo. 

Confira a lista dos livros Altamente Recomendável que foram publicados em 2019, clicando aqui. Já leu alguns desses títulos? Alguns já conhecia da biblioteca escolar, os outros anotei no caderninho para emprestar (futuramente) ou adquirir. 



Links Consultados

https://www.ibby.org/

https://www.instagram.com/fnlij/

https://seminariofnlij2020.wordpress.com/premios-fnlij/

https://www.fnlij.org.br/

https://www.fnlij.org.br/site/images/Regulamento-Pr%C3%AAmio_2020-Prod_2019.pdf 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quero Ler: Coleção "De lá pra Cá"

  Vocês conhecem a coleção "De lá pra Cá", publicado pela Mazza Edições?  "Como a magia dos clássicos não tem fronteiras, nos sonhos de meninas e meninos brasileiros os personagens têm suas feições e habitam o cotidiano" Atualmente, a coleção possui seis títulos escritos por Cristina Agostinho e Ronaldo Simões Coelho com ilustrações de Walter Lara.  Coleção:  De lá pra Cá Autores:  Cristina Agostinho e Ronaldo Simões Coelho Ilustrador:  Walter Lara Editora:  Mazza Edições Rapunzel e o Quibungo Como a magia dos clássicos não tem fronteiras, nos sonhos de meninas e meninos brasileiros os personagens têm suas feições e habitam o cotidiano. Foi assim com uma Rapunzel nascida na Bahia – linda menina negra que veio ao mundo com longos cabelos que não paravam de crescer. Excelente cantora, Rapunzel despertou a cobiça do monstro Quibungo e precisará da ajuda do seu príncipe brasileiro para encontrar um final feliz. Chapeuzinho Vermelho e o boto-cor-de-rosa Como a magia dos

Um lençol de infinitos fios, de Susana Ventura

Maria deseja ser escritora, então escreve seus pensamentos, cotidiano e histórias em seu inseparável caderno.  A menina nasceu na Bolívia, mas vive em São Paulo com sua família desde muito pequena. Junto com seus amigos - que são filhos de pais de diversas nacionalidade -, eles preparam um trabalho escolar sobre os países da América Latina.  Em uma das idas à Biblioteca Mário de Andrade, Maria e seus amigos conhecem a jovem Ludmi. Nascida no Haiti, a jovem acabara de chegar em São Paulo em busca do pai. Enquanto preparam o trabalho da escola, os amigos unem forças para ajudar Ludmi a encontrar o pai.  Adorei ler esse livro, pois ele une o que mais gosto: histórias de amizade, personagens crianças/adolescentes e circulam pelas bibliotecas da cidade de São Paulo.  “Um lençol de infinitos fios” é um livro de poucas páginas, mas que possui uma linda mensagem ao apresentar o poder que a solidariedade e amizade tem.  Ah, e o siginificado do título foi um dos momentos mais b