FNLIJ: Prêmio FNLIJ 2020/Produção 2019 - Livros Premiados


Nessa postagem, retomo um assunto que adoro: prêmios literários, mais especificamente o Prêmio FNLIJ*. Em sua 46ª Seleção Anual, a Fundação premiou 14 livros, de 10 editoras em 15 categorias que foram publicados no ano anterior. 

Como comentei na postagem anterior sobre os livros que receberam o Selo Altamente Recomendável, a Seleção Anual possui duas fases, na primeira fase são escolhidos "os livros Altamente Recomendável, que recebem o Selo Altamente Recomendável FNLIJ. São considerados livros Altamente Recomendável, os títulos que compõem a lista final para a escolha dos vencedores ao Prêmio FNLIJ". 

Confira os 14 títulos premiados na edição 2020 do Prêmio FNLIJ: 

- Categoria Criança 
Pinóquio: o livro das pequenas verdades
Texto e ilustrações Alexandre Rampazo
Boitatá
O que você vê quando se olha no espelho? Pinóquio, o célebre boneco de madeira que conta lá suas mentirinhas e busca todo o tempo tornar-se 'um menino de verdade', talvez esteja apenas tentando corresponder às expectativas dos outros. Se ele fosse responsável como o Grilo Falante, ou bondoso como a Fada Azul, poderia, então, tornar-se real? Nesta narrativa onírica e cativante, somos colocados frente à frente com todas as possibilidades de nossas identidades pessoais e da descoberta (e aceitação) de si. Em Pinóquio: o livro das pequenas verdades, Alexandre Rampazo recupera o querido personagem de Carlo Collodi e bagunça nossos pré-julgamentos, promovendo uma reflexão rica sobre quem somos e quem desejamos ser.


- Categoria Jovem Hors-Concours 
Caleidoscópio de vidas
João Anzanello Carrascoza 
Ilustrações de Adriano Catenzaro 
FTD
Em caleidoscópio de vidas, três histórias se conectam pelos laços do afeto na paisagem igualmente bela e triste do rio de janeiro. De maneira delicada, o autor apresenta ao jovem leitor o olhar de três gerações sobre as dificuldades e as belezas de uma vida comum. Além de trajetórias tão diferentes, sempre unidas pela esperança, o caleidoscópio remete à paisagem do rio de janeiro e seus elementos tão diversos e complexos.

- Categoria Jovem 
No corredor dos cobogós
Paula Fábrio
Edições SM
Ambientado em Santos, o primeiro romance juvenil da premiada autora Paula Fábrio narra duas histórias paralelas de adolescentes que habitaram o mesmo apartamento em épocas diferentes (Haidê em 1982 e Benjamin em 2015). O ponto de intersecção entre ambos é o diário de Haidê o qual revela que, à parte das diferenças geracionais, os dois jovens — cada um a seu modo — vivenciam experiências semelhantes no que diz respeito ao amadurecimento. Vale ressaltar o texto altamente fluente, a minuciosa descrição da cidade de Santos do ponto de vista urbanístico (cobogós, à propósito, são aqueles tijolos vazados, típicos dos corredores, paredes ou fachadas dos anos 50) e as gírias típicas de cada época que a autora resgata no livro. Outro tema que aparece é o da poluição ambiental, com a retomada da história de Cubatão nos anos 1980.


- Categoria Poesia 
Balada da estrela e outros poemas
Gabriela Mistral
Seleção e Tradução de Leo Cunha
Ilustrações Leonor Pérez
Edições Olho de Vidro
A chilena Gabriela Mistral foi a primeira personalidade da América Latina a conquistar o Nobel de Literatura. Em 1945, ela recebeu a notícia da premiação aqui no Brasil, na cidade de Petrópolis, onde então morava. Este conjunto de poemas oferece aos pequenos leitores brasileiros um primeiro encontro com a sua literatura, há muito tempo ausente das nossas livrarias. Uma poesia musical, cheia de ternura, cheia de vida.


- Categoria Reconto 
Nós: uma antologia de literatura indígena. 
Lia Minápoty, Aline Ngrenhtabare L. Kayapó, Ariabo Kezo, Edson Krenak, Tiago Hakiy, Edson Kayapó, Estevão Carlos Taukane, Cristino Wapichana, Jera Poti Mirim, Rosi Waikhon, Yaguarê Yamã, Jaime Diakara.
Organização e Ilustrações de Maurício Negro. 
Companhia das Letrinhas
Tratando dos mais diversos temas -- dos mitos de origem às histórias de amor impossível --, as narrativas conduzem o leitor por situações e desenlaces muito próprios, sempre acompanhadas por um glossário e um texto informativo sobre o povo indígena de origem de cada autor. Esta é uma chance preciosa para todos aqueles que desejam entrar em contato com as raízes mais profundas de nossa cultura, ainda pouco valorizadas e respeitadas, por puro desconhecime   



- Categoria Informativo 
Lá no meu quintal: o brincar de meninas e meninos de Norte a Sul 
Texto de Gabriela Romeu e Marlene Peret
Fotografias de Samuel Macedo
Ilustrações de Kammal João
Peirópolis
Tem quintal em todo lugar: na praça, na floresta, nas ruas das pequenas cidades, nos fundos das casas e até dentro de cada um de nós (às vezes um pouco escondido).Neste livro vamos descobrir os quintais de crianças das cinco regiões brasileiras, onde folha vira catavento, pique é no pequizeiro e rio garante a diversão!Basta chegar, embarcar… E brincar! O brincar é uma espécie de língua-mãe da infância. E foi por meio dessa linguagem que Gabriela Romeu, Marlene Peret e Samuel Macedo conheceram o Brasil, conectando-se com as crianças das beiradas de rios, dos grandes centros urbanos, de comunidades quilombolas e povos indígenas – regiões algumas vezes próximas, outras bem distantes. 


- Categoria Informativo 
Reinações de Monteiro Lobato: uma biografia
Marisa Lajolo e Lilia Moritz Schwarcz
Ilustrações de Lole
Companhia das Letrinhas
E se Monteiro Lobato resolvesse contar sua história para as crianças de hoje em dia? Descobriríamos como Narizinho, Emília, Pedrinho, Dona Benta, Tia Nastácia e tantos outros personagens do Sítio do Picapau Amarelo foram criados? Essa é a proposta deste livro, escrito por Marisa Lajolo e Lilia Moritz Schwarcz, que dão voz ao próprio Lobato. 


- Categoria Literatura em Língua Portuguesa 
A guerra
José Jorge Letria
Ilustrações de André Letria
Ameli Editora
A Guerra: Diferente de qualquer livro, A guerra constrói sua temática com uma poética singular, revelando como ela surge em espírito e ação, devorando e silenciando tudo ao seu redor. Fruto da parceria de José Jorge Letria e André Letria, o livro que já recebeu 8 prêmios internacionais, é publicado pela primeira vez no Brasil na Coleção da Cigarra da editora Amelì, que tem como objetivo abordar assuntos polêmicos, e que devem ser debatidos para ajudar a formar leitores sensíveis e conscientes.


- Categoria Tradução Adaptação Criança 
O muro no meio do livro
Texto e ilustrações de Jon Agee
Tradução de Juliana Freire
Pequena Zahar
Tem um muro no meio deste livro. E um pequeno cavaleiro está confiante de que o muro protege o seu lado bom do livro dos muitos perigos do outro lado – um tigre faminto, um rinoceronte gigante, além do pior de todos, um ogro terrível que seria capaz de comê-lo com uma só mordida. Mas nem tudo é o que parece…


- Categoria Tradução Adaptação Jovem 
Sumchi: uma fábula de amor e aventura
Amós Oz
Tradução de Paulo Geiger
Ilustrações de Carla Caffé
Companhia das Letras
Sumchi é um menino de 11 anos, crescendo na Jerusalém ocupada pelos ingleses e tentando escapar das provocações dos meninos da vizinhança e se aproximar da garota por quem é apaixonado, Esti. Ao ganhar uma bicicleta de seu tio Zemach, tem início uma aventura de fantasia e desilusão, medo e amadurecimento. Nesta adorável novela, que condensa acontecimentos de um dia de verão, em 1947, Amós Oz retrata com enorme sensibilidade a leveza e a intensidade do primeiro amor.


- Categoria Tradução Adaptação Reconto 
Na companhia de Bela: contos de fadas por autores dos séculos XVII e XVIII
Seleção, organização e comentários de Susana Ventura e Cassia Lesile 
Ilustrações e projeto gráfico de Roberta Asse 
Florear Livros
Os contos de Perrault, irmãos Grimm e Andersen têm encantando leitores de todas as idades ao longo dos séculos. Mas e as mulheres escritoras? Neste livro, ressurgem do passado obras de autoras que fizeram história, mas foram esquecidas. França, final do século XVII, início do século XVIII: desastres naturais, fome, guerra e, por outro lado, o desejo de igualdade e o sonho de um mundo com um maior protagonismo para as mulheres – este foi o cenário que viu nascer a moda dos contos de fadas. No presente, a união entre escrita, tradução, ilustração e arte gráfica criam Na companhia de Bela: contos de fadas por autoras dos séculos XVII e XVIII, um livro para nos lembrar de jamais voltarmos a esquecer o que realmente importa.


- Categoria Tradução Adaptação Informativo 
Tudo sobre Anne
Menno Metselaar e Piet van Ledden. 
Tradução de Yaemi Natumi e Karolien van Eck
Ilustrações de Huck Scarry
Companhia das Letrinhas
Há décadas a história de Anne Frank e sua família comove o mundo inteiro. Os relatos da menina judia, que passou anos em um esconderijo e enfrentou os campos de concentração alemães, geraram uma nova perspectiva sobre os horrores da Segunda Guerra Mundial.
Este livro foi criado pelo museu Casa de Anne Frank, em Amsterdã, a partir de perguntas feitas por crianças visitantes sobre a história de Anne. A narrativa, que cobre desde o período de seu nascimento até sua morte, conta com diversas fotografias e ilustrações, e é entrecortada por páginas especiais que trazem informações sobre a Segunda Guerra Mundial e o Holocausto.


- Categoria Teórico 
A fantasia, o design e a literatura para a infância:  uma gramática da fantasia para os livros ilustrados
Michaella Pivetti
Limiar
O desafio de "A fantasia, o design e a literatura para a infância", de Michaella Pivetti é entender a criatividade por trás dos livros, olhar o projeto gráfico e o texto como um conjunto único para, a partir daí, definir quais categorias podem compor uma gramática da fantasia contemporânea da literatura para a infância. A autora trata dos livros ilustrados, que ela denomina "objetos narrativos ou literários". Neles, o planejamento gráfico é componente ativo do projeto. São, para autora, objetos literários em que se mesclam linguagens e signos e podem ser lidos de variadas maneiras, encantando públicos de todas as idades.


- Categoria Teatro 
A comédia dos erros
William Shakespeare
Tradução e adaptação de Flavio de Souza
Ilustrações de Daniel Bueno. 
FTD
A comédia dos erros é uma das primeiras peças do mais famoso e prestigiado dramaturgo da história, william shakespeare. A história é a mais engraçada de suas comédias. Esta adaptação inclui novas frases, ações e cenas que tornam menos descabelada, mas não menos maluca, a história de dois pares de gêmeos idênticos que se confundem entre si e a todos que encontram, criando involuntariamente situações cada vez mais hilariantes.


- Categoria Escritor Revelação 
Paula Fábrio
Autora livro "No corredor dos cobogós"
Edições SM.


- Melhor Ilustração Hors-Concours

O colecionador de chuvas
Texto e ilustrações de André Neves
Paulinas
Numa cidade em que a chuva demora a molhar a terra, um menino aspira por colecionar gotas de chuva; lá o sol brilha forte todos os dias, clareando as ideias do menino e assim ele se prepara para armazenar as gotas da chuva, gotas de todos os tipos que houver; no dia que a chuva caiu, os moradores comemoraram e saíram à rua junto com o menino; e quando a chuva cessou deixou ao menino as lembranças de felicidade, as gotas de sonhos que, como chuva refrescante, trazem esperança e renovam a vida; indicado para os anos iniciais do Ensino Fundamental 3º ano e 4º ano.


- Melhor Ilustração 
A rede florida
Graziela Bozano Hetzel
Ilustrações de Anna Cunha
Positivo
Uma história de amor e de afeto que nos leva a conhecer a pequena Maria Rosa e a relação dela com sua mãe biológica e com seus pais do coração. Uma rede florida é o elo entre seu presente e passado. É nele que Maria Rosa estava ao ser deixada no orfanato e que, mais tarde, retorna às mãos de sua mãe adotiva. 


- Melhor Projeto Editorial 
Pinóquio: o livro das pequenas verdades
Texto e ilustrações de Alexandre Rampazo
Boitatá



- Prêmios Especiais - Edições Comemorativas (50 ANOS)
Flicts
Ziraldo
Melhoramentos
"O solitário Flicts faz 50 anos e ainda pergunta: “Eu posso ser seu amigo?”. Um dos mais importantes livros da carreira de Ziraldo e do cenário cultural artístico brasileiro na década de 1960, Flicts completa 50 anos em julho de 2019. Para comemorar esta data tão importante, a designer e sobrinha do autor Adriana Lins e o designer e escritor Guto Lins, prepararam uma surpresa para Ziraldo e para o leitor.


O gênio do crime: uma aventura da turma do gordo.
João Carlos Marinho. 
Ilustrações de Mauricio Negro.
Global
O que faz uma história publicada há 50 anos seguir entusiasmando os leitores até hoje? Esta edição especial de O gênio do crime é uma tentativa de resposta. Para João Carlos Marinho, era porque o livro tinha vida. A obra, que em 2019 completa 50 anos de seu lançamento, já vendeu mais de um milhão de exemplares e deu origem a outros 12 livros protagonizados pela turma do gordo, formada por Edmundo, Pituca, Bolachão e Berenice. Além da reprodução do texto original, a edição conta com prefácio de Marisa Lajolo, análises de Guilherme Vasconcelos e Haroldo Ceravolo Sereza, e depoimentos de nomes importantes da literatura infantojuvenil, como Ana Maria Machado, Laura Sandroni, Pedro Bandeira, Ruth Rocha, Tatiana Belynki, entre outros. O leitor encontrará, ainda, o último trabalho assinado por João Carlos Marinho: O teatro do gênio do crime, adaptação cenográfica com reambientação para os dias atuais. Completam o material a autobiografia divulgada pelo autor em seu site pessoal, imagens que mostram o processo de criação de Mauricio Negro, responsável pelo projeto de capa, e um álbum de figurinhas idealizado pela leitora Nathalia Piovesani.


Estou bem animada em conferir os livros premiados desse ano. Li apenas "O muro no meio do livro" e o "Flicts", mas quero conferir a edição de 50 anos. 
Recentemente comprei uma 9a edição de "O gênio do crime", porém estou super animada em ler essa versão de 50 anos. 
Os demais livros já foram para o  "caderninho" no Evernote de livros "premiados" que quero ler. 
Você já leu algum desses? Qual ficou mais interessado em conferir?

*Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil – FNLIJ. Seção brasileira do International Board on Books for Young People - IBBY.